E-mail: blogdofoguinho@hotmail.com Fone: (098) 99147-3880

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

O Carnaval de Desculpas da Oposição

Ao Lado do Trio, Participantes do Protesto Cabiam Numa Tenda  

Pelos comentários e textos nos blogs a oposição carnavalesca sentiu o golpe e acusou o fracasso de seus números no carnaval. Enquanto o lado governista mostrou força com a presença massiva comprovada em fotos, vídeo e, mais importante, no testemunho das ruas, o grupo ligado a Isaías e Belezinha ficou nas desculpas de perdedores.

Entre uma manifestação que foi “sucesso” de crítica no facebook e fracasso de público na avenida, desculpa de doação de abadás e uma suposta vaia dirigida à prefeita; a oposição ficou no factoide e nada mostrou de concreto.

A foto acima (retirada de arquivo dos próprios manifestantes) não deixa dúvida do pequeno número de pessoas presentes. Como não há quem negue a partidarização dos blocos e não resta dúvida de quem vai pagar o pato financeiro pelo fiasco do Maluco Beleza, era só contemplar os seguidores menos favorecidos com abadás suficiente para contrapor o público demonstrado pelo Bom D+. Ou será que faltou mesmo foi quem vestisse os abadás?

Já a alegada vaia à prefeita – bem que poderia entrar na conta e risco de quem interrompe o axé pra fazer discurso ou creditada na mesma falta de importância política da irrisória participação popular no protesto da sexta-feira – mas, nem isso houve. Segundo relatos governistas tudo não passou de um pequeno grupo devidamente identificado e uniformizado de “Malucos Belezas”, que da sacada de um sobrado, tentou ensaiar um apupo contra Danúbia.

Pelo que se viu e por tudo que não teve competência para mostrar (neste carnaval e em outros em que era governo), só há um caminho para oposição: explorar temas em que são ou foram melhor do que hoje. Se é que existem tais pontos.  

Câmara Municipal Inicia Trabalhos Legislativos de 2012


Câmara Municipal de Chapadinha iniciou os trabalhos na última quinta-feira (16), a Sessão ordinária teve como pauta do grande expediente o Projeto de reajuste salarial de 16,66%, para os profissionais da educação do município de Chapadinha, e também o Projeto que fixa por Lei Municipal o valor do salário mínimo, ambos foram encaminhados para a Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização Financeira.  
Na abertura dos trabalhos a Presidente da Câmara, Márcia Gomes, fez menção a trechos do Regimento Interno da Câmara relacionados às penalidades por falta de decoro. A vereadora se pronunciou afirmando que será inaceitável a prática de ofensas físicas ou morais no edifício da Câmara, ou o desacato, por atos ou palavras, a outro parlamentar

extraído do blog da ver: 

Negado habeas corpus a Antonio Braz "Pexeiro" acusado de matar a companheira Ana Célia Dutra dos Santos com pauladas e golpes de faca em Buriti, MA

Por CN1  com informações  do TJMA

Sexta-Feira, 24 de Janeiro de 2012
Antonio Braz "O Pexeiro" foi preso no seguinte pelo Serviço de Inteligência da PM de Chapadinha participando do velório da própria companheira no bairro do Campo Velho.


Acusado Antonio Braz "Pexeiro"
 
A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) negou, nesta quinta-feira (23), pedido de habeas corpus em favor do peixeiro Antonio Braz, preso preventivamente em razão do suposto homicídio de sua companheira, Ana Célia Dutra dos Santos, no dia 24 de agosto do ano passado, no município de Buriti.

Por unanimidade, os desembargadores José Luiz Almeida (relator), Bernardo Rodrigues e Raimundo Nonato de Souza denegaram o pedido do advogado de Braz, que alegou carência de fundamentação e excesso de prazo. O entendimento da 2ª Câmara Criminal foi o mesmo do parecer assinado pelo procurador de justiça Krishnamurti Lopes Mendes França.




De acordo com o auto de prisão em flagrante, Braz já teria ameaçado de morte sua companheira por várias vezes. O documento informa que ele foi encontrado no velório da vítima, ocasião em que teria confessado o crime.

Segundo o depoimento, Braz mantinha relacionamento amoroso com Ana Célia havia cerca de seis anos e o casal tinha uma filha. Ele teria alegado que tentou se separar da vítima que, por sua vez, teria se negado. Braz disse que a companheira teria ameaçado tocar fogo na casa e até matar a filha, caso ele a deixasse. O peixeiro disse que esses fatos o motivaram a matar a companheira.

GOLPE - O depoimento relata que Braz teria conduzido a vítima, de moto, até o povoado de Cabeceiras, onde teria decidido matá-la. Ele teria desferido um golpe de faca, mas a vítima ainda teria tentado se defender. O relato diz que o peixeiro teria usado um pedaço de madeira para matá-la.

O relator, desembargador José Luiz Almeida, disse que a prisão preventiva foi decretada com fundamentação idônea e base factual suficiente. Os indícios de autoria e a materialidade do delito foram satisfatoriamente demonstrados, segundo o magistrado. Quanto ao alegado excesso de prazo, relatou que a audiência marcada para 17 de janeiro passado só não se realizou devido a requerimentos de adiamento formulados tanto pela defesa do acusado, quanto pelo representante do Ministério Público.

Prefeitura inicia asfalto nas Ruas de Chapadinha



A prefeitura começou na manhã de hoje o programa de obras e melhorias das principais vias da cidade. Serão mais de 35 quilômetros de pavimentação asfáltica. Os trabalhos estão mais adiantados na Travessa da Corrente, 

https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Foguinho/217621605048826?ref=hl