E-mail: blogdofoguinho@hotmail.com Fone: (098) 99147-3880

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Justiça condena prefeito de Buriticupu a quase dois anos de detenção


A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão condenou, nesta terça-feira (16), o prefeito do município de Buriticupu, Antonio Marcos de Oliveira, o ‘Primo’ (PDT), a um ano e oito meses de detenção, em regime aberto, por ofender a honra do promotor de Justiça, Alessandro Brandão, titular da promotoria daquele município.
Prefeito de Buriticupu, Antônio Marcos de Oliveira, o ‘Primo’, preso pela PF um dia antes da eleição.
Prefeito de Buriticupu, Antônio Marcos de Oliveira, o ‘Primo’, preso pela PF um dia antes da eleição.
A denúncia foi oferecida em agosto de 2007 pelo Ministério Público, que acusou o prefeito de ter cometido crime de imprensa.
Em maio de 2007, Oliveira teria usado o microfone de uma emissora de rádio e ofendido, durante pronunciamento à população, a honra do promotor, afirmando que o mesmo estaria patrocinando invasões de terras, fomentando a desordem e bagunça no município, além de persegui-lo como gestor municipal.
A defesa do prefeito pediu o arquivamento e a improcedência dos crimes, sob a alegação de que a queixa-crime teria sido feita pelo MP, sendo necessário, no caso, um advogado habilitado. Alegou também a inconstitucionalidade da Lei de Imprensa.
O relator do processo, desembargador Bayma Araújo, afirmou que a representação pode ser feita pelo órgão ministerial por se tratar de crime contra a honra a funcionário público no exercício de suas funções, conforme a Súmula 714 do Supremo Tribunal Federal (STF). Quanto à lei de imprensa, o desembargador ressaltou o deslocamento das condutas da Lei de Imprensa para serem reguladas e punidas pelo Código Penal.
Em seu voto, Bayma concedeu ao acusado o direito de recorrer em liberdade e enfatizou não haver incidência de perda do cargo. Os desembargadores Froz Sobrinho e Raimundo Melo acompanharam o relator.
As informações são do TJMA. e Blog do Luis Cardoso

Campus da UFMA de Chapadinha realiza semana nacional de ciência e tecnologia


Sousa Neto / Chapadinha Site 
Com colaboração de Alberto Jorge Oliveira Lopes
 
A realização da atividade tem como objetivo contribuir com a divulgação científica das atividades da Semana Nacional da Ciência e Tecnologia 2012, visando a integração entre a sociedade e a academia.

Neste ano, haverá um diferencial em relação aos anos anteriores, pois além das atividades previstas para o campus da Universidade Federal do Maranhão em Chapadinha-MA, serão realizadas, também, atividades em comunidades rurais pertencentes aos municípios de Chapadinha e Mata Roma (Localidades Cidade Nova e Bom Sucesso).

O tema a ser abordado durante as atividades do evento: "Economia Verde, Sustentabilidade e Erradicação da Pobreza" é de grande relevância para o Maranhão em especial para a região do Baixo Parnaíba onde podem ser encontrados municípios com o IDH mais baixo do estado.

Desta forma , serão realizadas atividades que visem à divulgação e popularização da ciência e tecnologia contribuindo assim para a formação de um cidadão mais crítico no diz respeito ao tema, já que nos últimos anos o estado do Maranhão tem se destacado exponencialmente entre os estados da federação na realização da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

Em relação à programação, com atividades previstas para serem realizadas entre os dias 15 e 20 de outubro teremos a ministração de minicursos e palestras, sobre: Sustentabilidade, Erradicação da Pobreza, Economia Verde, Artesanato, Implementação de Horta Vertical, envolvendo professores e discentes de cursos de Graduação da UFMA e de outras instituições de educação superior. Além, da participação de professores e alunos de escolas da rede pública municipal e estadual, como por exemplo, CE Dr. Paulo Ramos, CAIC, UI Manoel José de Santana, Colégio FAC, além de colégios de Mata Roma e Anapurus.

Magno Bacelar enfatiza ações do governo na saúde e na segurança pública e parabeniza professores pelas comemorações do seu dia


O vice-líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Magno Bacelar (PMDB) ocupou a tribuna nesta segunda-feira (15), para destacar ações da governadora Roseana Sarney (PMDB), por meio das secretarias de Saúde e Segurança Pública, comandadas pelos secretários Ricardo Murad e Aluísio Mendes. 

Para Magno foi uma satisfação ver o secretário Ricardo Murad, acompanhado das netas, tomando banho de mar na praia do Calhau. Na avaliação de Bacelar, o gesto demonstra que as praias de São Luís estão em boas condições de banho, o que ficou comprovado por meio do laudo do Laboratório Central do Estado (Lacen). 

No pronunciamento, o deputado Magno Bacelar elogiou outra louvável iniciativa do governo do Estado que, por meio da Secretaria de Segurança Pública, anunciou a realização de concurso público para a admissão de centenas de policiais civis, policiais militares e membros do Corpo de Bombeiros do Maranhão. 

O parlamentar entende que a medida da governadora Roseana Sarney vai melhorar muito a questão da defasagem nos quadros da Secretaria de Estado de Segurança Pública, e promover a tranqüilidade da população, que reclama da onda de violência que se espalha no Estado. 

Magno Bacelar informa que em todo o Nordeste estão sendo oferecidas sete mil vagas em concurso público na área de segurança pública, e a maioria delas estará disponível no Estado do Maranhão. “A medida demonstra a responsabilidade e o compromisso da governadora Roseana Sarney com a segurança da população”, avalia. 

Por outro lado, o vice-líder do governo garante que o concurso público na área de segurança anunciado pelo governo do Estado é transparente, muito bem organizado, e será uma excelente oportunidade de emprego para centenas de jovens que estão ingressando no mercado de trabalho em todos os estados do Brasil.

HOMENAGEM AOS PROFESSORES 

O parlamentar aproveitou também a oportunidade para saudar aos professores no dia dedicado a eles. “Quero aqui fazer referência ao dia 15 de outubro, momento importante no qual os professores são homenageados, essa é uma data muito importante em deferência a essa categoria brilhante, porque todos nós passamos por uma escola e dependemos da instrução desses mestres. Então aqui vai nossa solidariedade a todos os professores do nosso Estado do Maranhão e da nossa querida cidade de Chapadinha”. Observou.

Fonte: Blog do Deputado Magno Bacelar

Lascou! Mulher reclama dos 500 orgasmos que tem por dia


Zara usa sacos de vegetais congelados para inibir a excitação Foto: The Sun / Reprodução
Zara usa sacos de vegetais congelados para inibir a excitação Foto: The Sun / Reprodução
Enquanto para algumas ter orgasmo é algo de alto nível de dificuldade, para a inglesa Zara Richardson isso é tão fácil que virou um problema.
Ela sofre de Síndrome de Excitação Sexual Persistente (PSAS), o que torna tarefas rotineiras, como fazer compras e aspirar a casa, atividades altamente excitantes, o que significa que ela pode ter até 500 orgasmos por dia.
— As pessoas acham que eu devo estar em êxtase a cada dia, mas ter orgasmos constantemente está arruinando a minha vida — disse a inglesa ao jornal The Sun.
Ela não tem controle sobre o modo como o seu corpo se sente, o que afeta todos os aspectos da vida:
— Uma simples ação pode me induzir a ter um episódio (orgasmo); é um modo exaustivo para viver. Muitas vezes acontece quando eu subo as escadas, passo por redutores de velocidade e sempre quando meu telefone vibra no meu bolso.
Zara fica muito excitada no supermercado:
— Eu também tenho orgasmo pegando um alimento no supermercado, passando por portas giratórias e empurrando um carrinho de compras. Acontece até mesmo quando alguém se senta ao meu lado no sofá.
E assim é o dia inteiro para a inglesa:
— Eu acordo me sentindo excitada e volto para a cama me sentindo da mesma forma.
Ações comuns podem se tornar um pesadelo para Zara:
— Eu posso estar de pé numa fila do supermercado e sentir a PSAS começar. E não há nada que eu possa fazer para impedi-lo —contou a britânica.
Viajar é outra situação que pode acabar desconfortável para Zara:
—Viagens de trem são um pesadelo, pois o movimento pode desencadear um ataque.
Ela concluiu que a síndrome lhe trouxe tristeza:
— A PSAS me afastou do sexo e me trouxe depressão — disse Zara.
A doença também atrapalhou seu lado profissional:
— Restaurantes são um pesadelo quando fico um longo período sentada e as “dores” do orgasmo se acumulam. Eu estava numa entrevista de emprego e a sindrome veio.
A Síndrome de Excitação Sexual Persistente (PSAS) foi documentada pela primeira vez como um transtorno médico em 2001.
Zara foi diagnosticada em 2010, depois de sentir-se constantemente excitada.
Ela conta que começou a se sentir excitada o tempo todo por conta da mudança de hormônios e mesmo depois de ter tido relações sexuais com o seu namorado na época, Rob, ela nunca se sentia satisfeita.
— O sentimento nunca vai embora. Tentei me distrair fazendo exercício, tomando banhos quentes ou assistindo a um filme deprimente, mas a sensação continuou. Depois de dois meses de sofrimento em silêncio, eu sabia que o que estava sentindo não era normal.
Foi então que ela procurou um médico
— Estava tendo até 500 orgasmos por dia. Isto estava arruinando a minha vida.
O médico receitou leves antidepressivos, analgésicos e anti-inflamatórios para os dias de crise de Zara. Ela também utiliza compressas quentes e frias para parar os orgasmos.
— Eu, às vezes, coloco um pacote de cenouras ou ervilhas congeladas envolto numa toalha sobre minhas partes, porque a frio me faz parar de querer orgasmos.
https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Foguinho/217621605048826?ref=hl