E-mail: blogdofoguinho@hotmail.com Fone: (098) 99147-3880

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Pagamento dos servidores da Prefeitura de Chapadinha já está nas contas e liberado



O Banco do Brasil acaba de informar ao Blog do Foguinho que o pagamento dos Servidores  Públicos Municipais, Concursados e contratados da Prefeitura de Chapadinha referente as Secretarias de Educação, Administração e Assistência Social  já estar nas contas e pode ser sacado.
Atenção!! O Pagamento dos servidores da Secretaria de Saúde vai estar nas contas somente na Sexta-feira, dia 01.


Justiça Cassa Prefeito e Novas Eleições Serão Marcadas em Codó




O prefeito de Codó, Zito Rolim (PV) e seu vice, Guilherme Archer (PMDB),   tiveram cassados seus diplomas,  anulados todos os votos que receberam  em outubro de 2012 e ficaram inelegíveis pelos próximos oito anos.

É o que determina a sentença do juiz eleitoral, Pedro Guimarães Junior, que acaba de ser publicada no Fórum Eleitoral de Codó.

Não está relacionada ao caso dos vídeos de compra de votos. Esta sentença diz respeito à uma Investigação Judicial Eleitoral impetrada pelo Ministério Público acusando José Rolim Filho e Guilherme Ceppas Archer de USO INDEVIDO DE MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL,  no caso a TV Codó que é pública, ora controlada pela prefeitura.

Também foram sentenciados os apresentadores Jonas Bastos Martins Lopes Filho, Osvaldo Pereira da Silva Filho (Maozinha) e Antonio Leandro Sousa Paiva (Leandro de Sá).

“Alega a representante (Dra. Linda Luz) que o primeiro representado, candidato a prefeito desta cidade, estando em plena campanha eleitoral, conforme faz prova documentação anexa, juntamente com os demais representados (Guilherme, Jonas, Osvaldo e Leandro), vem utilizando a TV Codó Canal 13, autorizatária municipal de serviço público, de forma abusiva para beneficiar o mencionado candidato”, relata a sentença explicando a motivação do Ministério Público Eleitoral

A SENTENÇA
Por conta de tudo que o Ministério Público apresentou de provas contra os cinco acusados os juiz Pedro Guimarães Junior decidiu CASSAR O DIPLOMA DE Zito e Guilherme, ANULAR todos os 23.075 votos que tiveram em outubro e ainda os tornar inelegíveis pelos próximos oito anos.

“Julgo procedente a presente INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL para, nos termos do art. 22, inciso XIV, da lei 64/90,  CASSAR OS DIPLOMAS DE PREFEITO E DE VICE PREFEITO,  expedidos, respectivamente, em favor de José Rolim Filho e Guilherme Ceppas Archer e, via de consequência, ANULAR OS VOTOS DADOS AOS MESMOS no presente pleito,  além de declarar a INELEGIBILIDADE destes  e dos demais representados Jonas Bastos Martins Lopes Filho, Osvaldo Pereira Filho e Antonio Leandro Sousa Paiva  para as eleições a se realizarem nos 8 anos subsequentes à eleição de 2012”, escreveu o juiz

QUEM ASSUME?
Ninguém assume por enquanto. Pedro Guimarães Junior não determinou a entrada, imediata, de Biné Figueiredo e Hildemberg Oliveira, porque numa outra ação, também publicada hoje (traremos detalhes logo,logo) os então candidatos Francisco Nagib e Zé Francisco também tiveram todos os seus votos anulados.

Nesta situação, o cabível é uma nova eleição.

Da sentença de Pedro Guimarães Junior cabe recurso ao Tribunal Regional Eleitoral.

Com Informação do Blog do Acélio Trindade 

Nasceu o pequeno Marcos Guilherme, filho do casal Cristiano e Tainá


Hoje, 27, por volta das 10h da manhã, nasceu o mais novo Chapadinhense, o pequeno Marcos Guilherme, filho do casal Cristiano e Tainá, Marcos nasceu com 50cm e 3.260 Kg, o parto aconteceu no HAPA.

Agora vamos sair para deixar o campeão Marcos Guilherme, dormir um pouquinho, parabéns ao casal pelo presente de Deus, em receber um filho.





Virou Brincadeira! Vargem Grande: IVIN contesta a anulação do Concurso


É meu amigo, esse Concurso de Vargem Grande ainda vai dar muito pano pra manga mesmo.

O Ministério Público divulgou ontem (26) o TAC - Termo de Ajustamento de Conduta, no qual cancelou oficialmente o Concurso Público da Prefeitura de Vargem Grande, realizado no último dia 03.

Pois bem, ontem mesmo, o Instituto Vicente Nelson divulgou em seu site uma nota em resposta ao TAC, em que expressam a extrema indignação pela anulação do Concurso, por que além de prejudicá-los, prejudica centenas de candidatos.

Leia abaixo o ofício da resposta do Instituto Vicente Nelson sobre a anulação do concurso de Vargem Grande, leia na íntegra.

Texto: Alpanir Mesquita



Teresina-PI, 26 de fevereiro de 2013.

Ref.: RESPOSTA À ANULAÇÃO DO CONCURSO DE VARGEM GRANDE - MA
Vimos através deste expressar nossa extrema indignação no que se refere à ANULAÇÃO do concurso da Prefeitura de Vargem Grande que vem por prejudicar milhares de candidatos, especialmente aos candidatos aprovados e ainda à nossa instituição.
Em primeiro lugar, contrariamos o Temo de Ajustamento de Conduta – TAC, tendo em vista os motivos citados como FALHAS que motivaram a mesma serem manifestadamente inverídicos e facilmente derrubados, demonstrando ainda uma falta de comprometimento por parte da promotoria em averiguar os fatos.
Segue os fatos que motivaram o TAC
Fato 1: “alguns candidatos, embora devidamente inscritos e, inclusive, de posse do cartão de inscrição, terem deixado de se submeter ao certame por não haver local para que fizessem a prova”
O fato 1, demonstra a falta de comprometimento dos candidatos em questão em não se inteirar dos avisos e publicações do Concurso. De fato, 360 candidatos do turno manhã e 200 candidatos do turno tarde tiveram seus locais de prova alterados, no entanto tal alteração ocorreu na quinta-feira, sendo a mesma publicada três dias antes da data da prova, o que pode ser facilmente comprovado através de relatórios do sistema e do site. No entanto, TODOS os candidatos que cumpriram o edital do Concurso, item 5.2 que diz: “O candidato deverá comparecer ao local destinado à realização das provas com antecedência mínima de 60 (sessenta) minutos do horário definido para o fechamento dos portões de acesso ao local de prova, munido de caneta esferográfica (tinta azul ou preta) e documento oficial de identidade original” foram devidamente informados do seu correto local de prova.

No que se refere ao exposto no item acima, muitos candidatos conseguiram realizar a prova mesmo tendo mudado de local e podem atestar de que foram devidamente informados, no entanto, muitos que perderam a prova, também podem testemunhar que foram devidamente informados do seu local de prova mais que, por falta de atenção, ao chegar ao seu correto local de prova, não identificaram seu nome na lista.

Atenção! Para ler o texto completo Clique AquINSTITUTO VICENTE NELSON
https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Foguinho/217621605048826?ref=hl