E-mail: blogdofoguinho@hotmail.com Fone: (098) 99147-3880

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Funcionários da Saúde fazem aniversário surpresa para Isamara Meneses em Chapadinha


Hoje, 19, funcionários da Secretaria de Saúde de Chapadinha, fizeram um café da manhã surpresa para Isamara Meneses, ela está completando mais um aninho e recebeu todas as homenagens de amigos e familiares.

Isamara é filha do ex-prefeito Isaías Fortes, filha da vice prefeita, Raimunda Maria, Irmã do vereador Marcelo e esposa do Secretário de Saúde Charles Bacellar.

A Prefeita Belezinha, Secretários e outros representantes do Governo Municipal estiveram presentes na festa.






Polícia neles! Cuidado Grachal de Mata Roma, Desvios de dinheiro pode estar nas mãos da SEIC



Lauro Pereira Albuquerque (Grachal)

Após a prisão do ex-prefeito de Urbano Santos Aldenir Santana, vários ex-prefeitos estão de cabeça baixa e muitos preocupados de irem parara atrás das grades.


Em Mata Roma o ex-prefeito  Lauro Pereira Albuquerque, o Grachal parece que está muito enrrolado com a justiça por desvios de dinheiro público. Será que o nome de Grachal está nesta lista ?? se estiver é melhor correr ou fugir do Maranhão que a SEIC está na cola.

Veja a ficha completa do Ex-prefeito de Mata Roma.

Mata Roma

O TCE reprovou, na sessão queo ex-prefeito de Mata Roma, Lauro Pereira Albuquerque, foi condenado a devolver R$ 2,7 milhões aos cofres públicosvalor também decorrente da realização de despesas sem comprovação durante o exercício de 2008. Do total do débito, R$ 1,4 milhão correspondem a recursos do Fundo Municipal de Saúde, R$ 1,3 milhão dizem respeito a despesas da administração direta e R$ 32,8 mil são recursos do Fundeb.

As irregularidades resultaram em multas no total de R$ 117,2 mil. Cabe recurso de reconsideração, uma vez que se trata de primeiro julgamento.

Se ferraram! MP denuncia ex-prefeito Grachal de Mata Roma e Aderson Lago !!!


O promotor de justiça Douglas Assunção Nojosa, titular da Comarca de Chapadinha, da qual Mata Roma é termo judiciário, ofereceu denúncia criminal, no dia 14 de março, contra o ex-deputado estadual Aderson Lago, o ex-prefeito de Mata Roma, Lauro Pereira Albuquerque, o filho dele, Besaliel Freitas Albuquerque, à época vereador do referido município, o ex-secretário municipal de saúde Gustavo Adriano de Matos Correa, e os empresários Pedro Paulo Mendes Filho e Raimundo Nonato Martins Brito.

De acordo com a denúncia, em 27 de dezembro de 2005, foi firmado o convênio nº 127/2005-DRD/MS entre a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e a Prefeitura de Mata Roma. Foram destinados R$ 1.260 milhão à manutenção do Hospital Thales Ribeiro Gonçalves.
Os recursos do convênio, segundo o promotor de justiça Douglas Nojosa, foram direcionados à empresa Espontânea Material Hospitalar, no valor de R$ 50 mil mensais, para aquisição de medicamentos. Porém, o Município de Mata Roma recebia menos de R$ 20 mil em remédios. Os outros R$ 30 mil eram devolvidos aos dirigentes municipais.
Para o Ministério Público, as notas fiscais utilizadas nas operações comerciais foram forjadas ou majoradas. O objetivo seria dar legalidade às operações comerciais, contando com a participação dos acusados Pedro Paulo Mendes Filho, diretor da Espontânea Material Hospitalar; e Raimundo Nonato Martins Filho, titular da Gráfica Escolar Ltda.
Nojosa afirma na denúncia que a Gráfica Escolar forneceu, durante todo o ano de 2006, notas fiscais falsas. A empresa K.C.S. Neves Comércio e Representação também teria fornecido notas fiscais fraudadas para respaldar o esquema.

Com a prisão de Aldenir Santana, prefeitos fogem em massa do MA


PREFEITOS NA MIRA DA SEIC COMEÇAM A SAIR DO MARANHÃO

Sexta, 19 de abril de 2013

Bastou a prisão hoje (18) do ex-prefeito de Urbano Santos, Aldenir Santana, por policiais da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), acusado de desvio de recursos, para que dezenas de ex-prefeitos colocassem a barba de molho ( e por que não bigode?!) e começassem a se evadir.


Santana foi preso por aumentar patrimônio incompatível com o salário de prefeito, como a aquisição de imóveis e joias, avaliados em mais de R$ 5 milhões. O ex-prefeito fez ainda transferência de recursos de programas sociais para sua conta pessoal. E olha que é ele é funcionário da Polícia Federal.

A Seic vem investigando ex-gestores desde 2010 e intensificou as apurações nos anos de 2011 e 2012. O jornalista Luís Cardoso afirma em seu blog que teve acesso a uma relação dos envolvidos que podem ser presos nas próximas operações, mas prefere não revelar para não prejudicar o trabalho da polícia.

Desde manhã de hoje, diversos ex-prefeitos começaram a se movimentar em escritórios de advogados conhecidos para que tomem conhecimento de ações contra eles na Seic.
Só agora no período da tarde, oito ex-gestores da Baixada não foram mais encontrados em suas cidades e muito menos aqui na capital. Da região Sul apenas dois e da região dos Cocais três.
A Seic, paralelamente aos trabalhos de investigação de desvio de recursos, apura também o envolvimento de ex-prefeitos e alguns atuais com a agiotagem. São inúmeras transações com o dinheiro dos programas estaduais que caíram nas mãos de conhecidos agiotas da cidade e do interior.  Até o nome de um juiz vai aparecer no relatório.

Do blog do Luís Cardoso
https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Foguinho/217621605048826?ref=hl