E-mail: blogdofoguinho@hotmail.com Fone: (098) 99147-3880

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Abre o olho população de Brejo, Prefeito Omar não divulga quanto será gasto na recuperação das Ruas$$$$$$$$


Prefeito de Brejo Dr. Omar
Uma Reunião Realizada no 31 de Maio na prefeitura Municipal de Brejo, coordenada pelo Prefeito Dr. Omar serviu para tratar o assunto sobre a recuperação das ruas que estão em situação de calamidade.

Durante a reunião ficou acordado que a  OTL/Engenharia dará inicio  nesta semana a recuperação de  ruas e avenidas de Brejo.


A reunião durou cerca de uma hora,  e ficou acordado que a empresa OTL/ Engenharia, irá  recuperar  ruas e avenidas. “Vamos dá  inicio a recuperação dessas vias públicas  e  cumprir o que foi acordado com a prefeitura, iniciaremos nesta semana o recapeamento”, disse o representante da OTL/Engenharia, Tiago Barbosa.


O Blog CN1 diz em sua página que o prefeito Dr. Omar destacou que o  projeto de saneamento foi obtido durante sua gestão em 2006, através do PAC2, na qual o  processo de licitação para a escolha da empresa responsável pela obra foi realizado pelo governo federal.  

 “Ao assumir mais uma vez a prefeitura,  encontrei  a cidade toda esburacada.  Ficou combinado que a empresa deve  priorizar  principalmente  as ruas de acesso ao centro da cidade,  são apenas  três opções, dentre elas está a  Rua Gonçalves Dias. Esperamos que  a empresa OTL/Engenharia  possa recuperar o mais rápido possível os acessos",  destacou Dr. Omar.

O que o Prefeito Omar esqueceu é que o PAC 1 foi criado no ano de 2007  no Governo do Presidente Lula e nem existia em 2006 e o PAC2 foi criado no Governo da presidente Dilma, e ele destacou que esta empresa foi licitada em 2006 pelo PAC2 se não existia este programa ? 

Clique na imagem para ampliar.


Como pode uma empresa licitada em 2006 realizar uma obra de recuperação de ruas em 2013, seis anos depois ? é um grande mistério! 

O Prefeito Omar não divulgou quanto será gasto na recuperação das ruas da cidade, e nem colocou a placa do PAC 2 informando valores e tempo de conclusão pela empresa  OTL/Engenharia.

Toda obra tem que ter a placa de investimentos do Estado ou a nível Federal para deixar bem claro quanto será investido no município.

O Blog do Foguinho fez uma breve olhada no site do programa PAC 2 e encontrou apenas um projeto do fundo nacional de Saúde para o saneamento em áreas Quilombola no valor R$1.754.526,35, quase 2 milhões que inclui investimentos para o ano de 2007 a 2010, mas este projeto de recuperação das ruas  não está no Portal do Programa PAC 2, e mais uma vez ai tem mistério nesta empresa que ganhou a licitação onde o valor não foi informado.




A população não sabe quanto será investido e qual serviço será prestado.

1-Quando foi esta licitação?

2-Omar diz que foi em 2006 no PAC2 e o programa PAC 1 surgiu em 2007.

3-Quanto será investido?

4-Como uma empresa que ganhou uma licitação em 2006 vai executar uma obra 6 anos depois ?


5-Porque não colocaram a placa informando, valores e tempo de conclusão.


Obras abandonadas
Lixo por toda parte


Rua só passa de trator



Buracos e mais buracos



Projeto da vereadora Fernanda busca a prevenção e o combate as drogas nas escolas de Mata Roma



O Brasil é o maior mercado de crack do mundo e o segundo de cocaína, apontou o 2º Levantamento Nacional de álcool e drogas feito pela Universidade Federal de São Paulo.

Dados como esse levou a vereadora Fernanda Maria, PSL, de Mata Roma-MA, a dar entrada no Projeto de Lei n 02/2013 que inclui nos currículos das escolas da Rede Municipal de Ensino, estudos de prevenção  e combate ao uso de drogas psicoativas lícitas e ilícitas. 

A inclusão desses contendo ser destinada aos estudantes do ensino fundamental a partir da 5 série, ministrados nos planos de ensino das disciplinas de Ciências e Educação Física.

Nosso objetivo é a conscientização das crianças e dos jovens, alertando na prevenção desse mal que vem assolando a sociedade e colocando o País em destaque em índices nada promissores, resumiu a vereadora.

Serão abordados os seguintes aspectos: Farmacológico, psicológico, antropológico, epidemiológicos das substancias psicoativas, efeitos e conseqüências físicas, psicológicas, familiares e sociais, Tipos de consumo (uso, abuso e dependência).


https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Foguinho/217621605048826?ref=hl