E-mail: blogdofoguinho@hotmail.com Fone: (098) 99147-3880

terça-feira, 9 de julho de 2013

Lascou! Vereador Renato Ribeiro de Anapurus está na lista dos inadimplentes pelo TCE

TCE encaminha lista de inadimplentes à PGE, ao TCU e ao TRE.



Extraído do Blog do Luis Cardoso com edição do Blog do Foguinho, 09 de Julho de 2013.

O presidente do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE), conselheiro Edmar Serra Cutrim, encaminhou nesta segunda-feira, 08/07, à Procuradoria-Geral de Justiça do Estado (PGE), ao Tribunal de Contas da União (TCU) e ao Tribunal de Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA) a relação dos prefeitos, presidentes de Câmaras Municipais e gestores estaduais que não apresentaram as prestações de contas anuais do exercício financeiros de 2012.
Os gestores que integram essa relação foram declarados inadimplentes conforme a Resolução nº 194/2013, de 17 de abril de 2013 e o TCE instaurou o procedimento de Tomada de Contas Especial contra esses gestores. Com o envio da relação à PGE, ao TCU e ao TRE serão adotadas outras providências no âmbito dessas instituições que podem resultar em sanções contra os gestores presentes na lista, entre as quais a declaração de inelegibilidade. Confira os nomes dos gestores nas tabelas abaixo.
Anapurus

Renato Luiz Ribeiro Oliveira, Vereador de Anapurus.


Renato Ribeiro foi  presidente da Câmara de vereadores onde deixou de prestar contas referente ao exercício 2012.

O Vereador foi condenado pelo TCE e está inelegível para concorrer a cargos municipais nas próximas eleições.

O parlamentar está no mandato que só termina em 2016 onde vai concluir o seu papel de vereador.


Na mesma lista tem o numero de 32 presidentes de Câmaras em todo Maranhão que estão inelegível por não prestarem conta referente ao exercício de 2012.

Veja alista abaixo dos Presidentes de Câmaras e Prefeitos condenados pelo TCE.
docum_edmundo_7





Extraído do Blog do Luis Cardoso com edição do Blog do Foguinho.

Emprego! SINE de Chapadinha abre vaga para representante comercial

SINE em Chapadinha

Por: Blog do Foguinho, 09 de Julho de 2013.

O SINE de Chapadinha abre vaga para Representante Comercial na Região.

O Representante tem que disponibilizar de seu próprio transporte, o salário a combinar com a empresa contratante.

Os interessados procurar o SINE na Av. Ataliba Vieira de Almeida próximo ao espaço Vemasa.

Prefeitura divulga data do sorteio do Programa Minha Casa Minha Vida em Chapadinha


A prefeitura de Chapadinha, através da secretaria de Assistência Social (SEMAS) lançou o edital de divulgação do sorteio do Programa Minha Casa Minha Vida.

O processo seletivo será realizado no próximo dia 20 de julho, na Praça Irineu Veras Galvão (Praça do Povo) às 18h00. Serão sorteadas 1 mil unidades habitacionais, localizadas no bairro Areal, denominado de Residencial José de Sousa Almeida, bloco C e D. A presença dos candidatos durante o sorteio não é obrigatória.
O processo seletivo será norteado pelo objetivo de priorização ao atendimento de candidatos que se enquadrem ao maior número critérios nacionais e locais, previsto no edital. E o resultado da seleção, dos titulares e suplentes será publicado no portal da prefeitura de Chapadinha e fixado no mural da SEMAS no prazo máximo de 3 dias.

O candidato poderá fazer alterações no cadastro, caso constate alguma divergência, clicando AQUI. A consulta é feita através do CPF do cadastrado. O sistema ficará ativo até sexta feira (12/07) para que sejam feitas as modificações que forem identificadas com o processo de pesquisa. As modificações serão feitas até segunda-feira (15/07).

O PROGRAMA

Minha Casa, Minha Vida é um programa do governo federal, em parceria com estados, municípios, empresas e movimentos sociais, faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento- PAC, do Governo Federal, visa reduzir o déficit habitacional brasileiro.

A meta do programa, que entra agora em sua segunda fase (2011-2014), é construir dois milhões de unidades habitacionais, das quais 60% voltadas para famílias de baixa renda. Em 2010, após um ano de atividade, o Minha Casa, Minha Vida atingiu a meta inicial de um milhão de contratações.
 

ASCOM/ Prefeitura.

Secretário Charles Bacellar participou em Brasília do lançamento do programa "Mais Médicos" do Governo Federal



O Secretário Municipal de Saúde, Charles Bacellar esteve participando ontem(08) em Brasília  da cerimonia de lançamento do programa "Mais Médicos" do Governo Federal.

O programa “Mais Médicos", cujo o objetivo é aumentar o número de médicos atuantes na rede pública de saúde em regiões carentes, e permitir a vinda de profissionais estrangeiros ou de brasileiros que se formaram no exterior sem a necessidade de revalidação do diploma.

A previsão do Ministério da Saúde é que até 18 de setembro todos os profissionais escolhidos dentro do “Mais Médicos” estejam atuando no país. O programa é instituído por meio de medida provisória assinada pela presidente Dilma Rousseff, e regulamentado por portaria conjunta dos Ministérios da Saúde e da Educação.

A medida provisória também institui a abertura de 11.447 vagas em faculdades de medicina até 2017 e, a partir de 2015, aumenta em dois anos a grade curricular das faculdades públicas e particulares de medicina, com formação voltada à atenção básica (1º ano) e setores de urgência e emergência (2º ano).

Neste período, os alunos terão uma autorização temporária para o exercício da medicina, e ganharão uma bolsa para atender no SUS.

O governo federal publicou no Diário Oficial da União desta terça-feira três editais com as regras do Programa Mais Médicos, que tem por objetivo ampliar o número de profissionais de saúde em municípios no interior do País e nas periferias das grandes cidades. Com a medida provisória que cria o Mais Médicos, o governo também vai conceder registros temporários para o exercício da medicina por estrangeiros sem a necessidade de revalidação do diploma. Os primeiros profissionais devem começar a atuar nas regiões carentes a partir de setembro

A quantidade de vagas de médicos será determinada a partir do cruzamento dessas informações. A estimativa do Ministério da Saúde é que sejam abertas 10 mil vagas nas periferias das grandes cidades e nos municípios do interior. Cada um dos médicos vai receber uma bolsa federal de R$ 10 mil. O programa tem investimento de R$ 2,8 bilhões.
Segundo o governo, a prioridade será preencher as vagas do programa com profissionais brasileiros. Os postos de trabalho remanescentes serão completados com profissionais estrangeiros ou brasileiros formados no exterior.

"Não se pode obrigar um médico que quer morar na capital a ir para o interior. O profissional de saúde tem o direito de trabalhar onde quiser", afirmou a presidente Dilma Rousseff durante o lançamento, ao explicar porque optou por chamar profissionais estrangeiros, se necessário. Segundo ela, a iniciativa "se trata de garantir que todos os brasileiros tenham acesso a um médico".

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, defendeu que a vinda de profissionais de saúde formados no exterior não pode mais ser um "tabu". Ele destacou que na Inglaterra 37% dos médicos são formados fora, e que nos EUA são 25%, enquanto no Brasil o índice é de 1,79%.

*Com informações das agências de notícias Globo e Terra e extraído do Chapadinha Blog
https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Foguinho/217621605048826?ref=hl