E-mail: blogdofoguinho@hotmail.com Fone: (098) 99147-3880

sábado, 23 de novembro de 2013

Força Tática prende dois com drogas e dinheiro, em bar de Chapadinha

Por William Fernandes – Blog WF sábado, 23 de novembro de 2013


Apesar do pouco efetivo e das precárias condições de trabalho, a PM de Chapadinha vem se esforçando para minimizar o avanço da criminalidade na cidade. Um equipe da Força Tática prendeu no final da manhã deste sábado, 23 de novembro, em um bar na Rua da Pedreira, dois homens suspeitos de tráfico de drogas.

Com eles a polícia encontrou uma quantidade de maconha, cerca de 30 pedras de crack, R$ 979,35 e um celular.


Os dois foram conduzidos à DP local, onde terão que explicar a origem do dinheiro e o que faziam com a droga.

Francisca Aguiar comenta os limites do legislativo e polêmicas em torno da aprovação de projeto de lei do Concurso Público

Parlamentar foi uma das que votou contra a emenda do vereador Eduardo Braga, "por ser inconstitucional", segundo ela.

Sexta-Feira, 22 de novembro de 2013

Francisca Aguiar durante as discussões para aprovação de projeto de lei 
A sessão da câmara municipal de vereadores de Chapadinha, dessa quinta-feira, 21, foi mais que polêmica. Na pauta estava à aprovação do projeto de lei do executivo para realização de concurso público no município, beneficiando 221 servidores, além de quadro de reserva de pouco mais de 400 pessoas.

A casa legislativa contou com um grande número de pessoas. As opiniões eram divididas. Muitos mostravam-se a favor de emenda apresentada pelo vereador Eduardo Braga, que propunha o aumento do número de vagas do concurso público, para 613 no total, enquanto outros julgavam a atitude do parlamentar inconstitucional.

Após debates e discussões polêmicas a emenda do parlamentar acabou sendo desaprovada com 10 votos desfavoráveis, dos 13 parlamentares aptos a votar. Entre esses estava a vereadora Francisca Aguiar.

Apesar da desaprovação da emenda ter sido vista com maus olhos por boa parte dos que acompanharam a sessão, Francisca Aguiar fez questão de justificar seu voto, esclarecendo os limites dos membros do poder legislativo e a inconstitucionalidade da referida emenda.

A parlamentar destacou que o Concurso Público é matéria do poder Executivo, que sabe da real necessidade do município, no que diz respeito ao funcionalismo público, tendo em vista que estar sobre sua responsabilidade à prestação de serviços nas áreas de educação, saúde, infraestrutura, entre outros.

Ela esclarece que, à câmara municipal cabe a responsabilidade de autorizar a realização do Concurso, oportunidade na qual deve ser verificado se a estrutura administrativa está sendo respeitada, bem como se há previsão orçamentária para tal.

Em breve discurso, durante as discussões para aprovação ou não da dita emenda, Francisca Aguiar ratificou que a casa não tinha o poder de aumentar o número de vagas do concurso público.

A parlamentar usou trechos da Constituição Federal que deixam claro que os vereadores não podem apresentar projeto, ou emenda que gere despesas para os cofres públicos, interferindo na governabilidade do município.

Ela também disse que sendo uma legítima representante do povo, compreende e aprova a necessidade de mais vagas no concurso público. Porém, esperava que os membros da casa tivessem de maneira prévia se reunido com a líder do executivo, para tentar sensibilizá-la a aumentar as vagas do concurso, e não que alguns acabassem por fazer mobilização em redes socais, por meio de panfletos e outros artifícios, na tentativa de obrigar os demais parlamentares a ceder a emenda. 

De maneira categórica a parlamentar disse que não adiantaria aprovar tal emenda, rasgando o que rege a constituição Federal.

Ela ainda fez questão de citar que o vereador é eleito para agir e não se omitir.

“Não é admitida uma situação em que um parlamentar deixa de votar, ou vota contra algo lícito, apenas por não querer descontentar segmentos da sociedade, do funcionalismo ou próprio governo. A omissão do vereador é a negação da democracia”. Citou

Um dia após a sessão legislativa, acompanhando a repercussão dada por alguns meios, Francisca Aguiar repudiou a opinião de blogueiro local, que taxou de asqueroso a atitude dos parlamentares que votaram a favor do projeto de lei, apontando altivez dos parlamentares que votaram contra, e que assim jogaram fora o respeito à Constituição Federal.

Para a parlamentar tal atitude mostra tão somente que esse e outros estão a serviço de interesses mesquinhos, de um, ou uns, dos que fazem parte daquela casa. 


Encerrando nossa conversa Francisca Aguiar deixou claro seu compromisso com o povo, relembrando que assim como os demais membros daquela casa, ela esteve desde o início do ano brigando pela realização do concurso público no município. Mas, não admitiria que o mesmo agora viesse a ser barrado, de forma arbitrária e inconsequente.

Do blog da Vereadora Francisca Aguiar

Insegurança! Bandidos explodem caixas eletrônicos em Mata Roma e Anapurus e atiram na viatura da polícia

Por Blog da Larissa:

Hoje, 23, por volta das 02h:45m os caixas eletrônicos do Banco do Brasil de Mata Roma e Anapurus foram explodidos, segundo informações foram oito assaltantes que fizeram a madrugada de sábado um terror para os moradores que habitam perto dos caixas eletrônicos. 

Segundo o relato de uma moradora de Mata Roma, a praça José Sarney ficou completamente coberta pela fumaça que não dava pra enxergar nada.

 Dois pneus da viatura de Mata Roma foram furados, e ainda não se sabe o valor exato que os ladroes levaram.


O teto do Banco ficou completamente destruído


O terminal do banco

os destroços que ficaram da explosão



A viatura com os pneus furados


INFORMAÇÕES DO BLOG DO RAVEL REIS ABAIXO:

O que só víamos nas grandes metrópoles, hoje estamos presenciando em nossa pequena cidade que até então era considerada calma e segura.


Na madrugada destes sábado 23, por volta das 2h:45 da manhã, cerca de 8 assaltantes fizeram um mega arrastão em Anapurus e Mata Roma. Noticias chegam, e dão conta de que em Mata Roma (6km de Anapurus), arrombaram o caixa eletrônico do Banco do Brasil e ainda fizeram o guarda de refém enquanto assaltavam a agência e atiravam contra a viatura da policia.

Caixa eletrônico de Anapurus

Segundo o Sargento Alcinésio daqui de Anapurus, os assaltantes após terem pego todo o dinheiro do caixa de Mata Roma, cujo o valor ainda não foi divulgado, se dirigiram para Anapurus, onde num ato de profissionalismo, explodiram o caixa que fica integrado no Hospital Municipal local.

 Após explodirem, dois deles, se deslocaram até a DPM de Anapurus (cerca de 30m) e começaram a atirar na viatura e nas paredes da DPM. Cerca 5 balas atravessaram as paredes do quartel, onde quase atingiu o sargento. Veja nas imagens abaixo como ficou a viatura:


Viatura da PM de Anapurus


Durante toda ação, o sargento ainda num ato de defesa, atirou contra um deles, onde ainda assim não intimidou nenhum dos dois.


Os funcionários do Hospital Madalena Monteles cujo caixa é integrado, disseram ao Blog do Ravel Reis, que no momento do assalto, entraram em pânico e para suas segurança deitaram-se no chão. 

cápsulas de balas e fuzis que ficaram dentro da viatura da PM e da DPM de Anapurus

Agência do Caixa eletrônico de Anapurus

"Foi um momento de terror, tiros pra todo lado, gritos de pessoas aqui e nas proximidades, fiquei com muito medo" disse um dos funcionários do hospital que não quis se identificar.

Após toda ação os assaltantes fugiram sem deixar rastros. 
https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Foguinho/217621605048826?ref=hl