E-mail: blogdofoguinho@hotmail.com Fone: (098) 99147-3880

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Fotos! Veja como foi a festa do Forró Socode no encerramento do Arraiá da Sinhá em Anapurus


A Prefeitura de Anapurus encerrou o Arraiá da Sinhá em grande estilo com as Bandas Originais do Forró e Forró Sacode.

A Festa começou cedo e só encerrou as 3h da manhã com muita animação e agitação total.

A Prefeita Tina Monteles agradeceu o público presente e  toda organização através da Secretaria de Cultura, que mais uma vez deu um show no São João.

Estiveram presentes vários vereadores, secretários municipais e uma grande multidão com um público para mais de 4 mil pessoas.


















Juíz Dr. Cristiano emite nota sobre a saída do Diretor do CDP

ESTADO DO MARANHÃO
PODER JUDICIÁRIO
COMARCA DE CHAPADINHA

Juíz Dr. Cristiano

N O T A D E U T I L I D A D E P Ú B L I C A

A 1ª Vara da Comarca de Chapadinha, neste ato representada pelo seu Juiz Titular, o Dr. Cristiano Simas de Sousa, vem a público lamentar a saída voluntária do servidor Raimundo Peres da Silva Filho da Diretoria do Centro de Detenção Provisória de Chapadinha.

O referido funcionário, ao longo do período em que esteve à frente da unidademencionada, sempre apresentou elevado espírito público, exercendo seus mister com profissionalismo e seriedade, cuja a honra e denodo pessoal se mostraram irretocáveis.

Não há dúvida de que o sucesso obtido no âmbito da Execução Penal, desta Comarca, deveu-se ao seu empenho, fato este já reconhecido pela Associação dos Magistrados do Maranhão que, em visita recente, classificou o Centro de Detenção Provisória de Chapadinha como um modelo de excelência a ser seguido por todo o Estado.

Desta forma, ao tempo em que lamentamos sua saída, esta ocorrida por motivos estritamente pessoais, gostaríamos de expressar nossos mais sinceros agradecimentos pela parceria e apoio sempre demonstrados.

Obtempero, contudo, que mesmo diante de tal fato, o Centro de Detenção Provisória de Chapadinha ainda conta com a melhor equipe de profissionais que já tivemos a oportunidade de trabalhar, notadamente no que se refere ao compromisso de todos na humanização do cumprimento das penas.

Acreditamos no valor humano. Na recuperação das pessoas e na possibilidade um novo começo. Estes são e sempre serão os valores que nortearão a parceria ainda existente entre 1ª Vara da Comarca de Chapadinha, Juízo Natural das Execuções Penais, e o Centro de Detenção Provisória desta cidade.

Chapadinha (MA) 30 de junho de 2014.

Cristiano Simas de Sousa, Juiz de Direito Titular da 1ª Vara da Comarca de Chapadinha, responsável pela Vara de Execução Penal.


Polícia identifica mulher que estava com professor Marquinhos, no momento em que ele foi assassinado

A mulher, ao lado do marido, contou, em depoimento informal, como tudo teria ocorrido

Por CN1/Luis Carlos Jr.

Quarta-Feira, 02 de julho de 2014
Após o crime (Leia aqui sobre a morte do professor) , investigadores da 3ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Chapadinha, identificaram a pessoa   esteve com o professor Marcos Martins, conhecido como  “Marquinhos do Bindi , diretor do Colégio Alexandre Costa, da Rede municipal.

Informações repassadas com exclusividade ao blog CN1 confirmam que o casal estava na Rua Presidente Costa e Silva, bairro Corrente – próximo a Praça do Viva, por volta das 20h de ontem (01) quando foram abordados por dois homens que estavam em uma moto.

Já era tarde quando os investigadores conseguiram localizar a mulher (que não não teve seu nome revelado), em sua residência. Ela é casada e tem aproximadamente 30 anos.

Num depoimento informal e na  frente do marido, ela  contou aos policiais que se encontrou com professor apenas para  conversar (sem  entrar em detalhes). A mulher  disse que "Marquinhos" e ela, observaram  quando  dois homens apareceram em uma moto e passou perto deles, fez a volta na quadra, e depois os   abordou.

A vítima pediu para que a mulher saísse do local, ela se afastou, quando  ouviu o tiro que vitimou o professor Marquinho.

O que a polícia pode deduzir sobre as primeiras investigações? Trata-se de um crime encomendado ou  um latrocínio (roubo seguido de morte) que deu errado, já que nada foi levado da vítima?

A mulher que estava com o professor deverá prestar depoimento ainda hoje ao delegado encarregado das investigações.
https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Foguinho/217621605048826?ref=hl