E-mail: blogdofoguinho@hotmail.com Fone: (098) 99147-3880

terça-feira, 15 de julho de 2014

Delegado anuncia pedido de prisão preventiva e apresenta carta deixada pela empresária assassinada em Coelho Neto.



O delegado da polícia judiciária de Coelho Neto, Sidney Tenório, disse que a juíza da Comarca de Coelho Neto, Dra. Karla Jeane Matos, decretou a prisão preventiva do empresário José Oscar de Azevedo Silva, acusado de ter cometido um duplo assassinato na manhã da última terça-feira, 08 de julho.

O empresário está sendo acusado de ter assassinato a pauladas à esposa, Antônia Gomes da Silva, proprietária da loja joaman calçaldos, e o caseiro da residência do casal, José Adalmir da Silva, com seis tiros de revólver calibre 38.

O delegado disse, também, que o empresário já é considerado foragido e que as delegacias regionais e a Policia Militar do Maranhão já foram acionadas para efetuar a prisão do acusado pelo duplo homicídio.

Pelo menos 15 testemunhas já foram ouvidas e, segundo Sidney Tenório, a cada dia a situação do acusado se complica confirmando uma das teses de investigação que é a de duplo homicídio e não a de legítima defesa.

Um dos agravantes que levou à decretação da prisão preventiva foi uma carta deixada pela empresária assassinada (veja abaixo), datada de 03 de outubro de 2012, em que ela faz menção às agressões sofridas e teme ser assassinada pelo marido. Ainda, segundo o delegado, existem mais duas cartas que foram entregues pela empresária para pessoas diferentes.

 



                                                      C.neto, 03-10-12


Hoje=  03.10.12 hoje o Oscar tentou me inforcar dentro do escritório ele quase me mata. Só não me matou porque as funcionárias me socorreram.

Eu já sou casada com esse homem há 19 anos e sei do que ele é capaz. Ele é um homem muito perigoso, muito violento e capaz de tudo por dinheiro.

Vive me ameaçando de morte o tempo inteiro então ele é um homem que tinha muitas armas de fogo principalmente revolveres.
Eu pretendo me divorciar porque não aguento mais viver desse jeito. Vivo como escrava a 18 anos. Ele nunca me respeitou, nunca me valorizou só me humilha.

Eu tenho medo de que ele planeje a minha morte e ele mesmo seja capaz de me matar, porque ele é um homem cauteloso, calado e cheio de ódio no coração.

Então eu peço justiça se por acaso acontecer alguma coisa de ruim comigo.

Sempre fui fiel a ele e nunca tive outro homem na minha vida.
Nunca fui de outro homem e Deus sabe disso e ele me condena falando que já tive caso com vários homens.

Ele tem um caso há 05 anos com uma mulher chamada xxx(alteração nossa), onde ele comprou uma casa para ela na rua das Castanheiras e reformou e comprou a mobília toda da casa da amante.

Então é por causa da amante que ele vive tentando me matar. Por causa das discursões.

Agente discute demais e brigamos muito e nossos filhos vê tudo isso. Por favor peço justiça se acontecer algo comigo.

Antonia Gomes da silva



Homem mata outro e fica gravemente ferido com cortes de facão na zona rural de Chapadinha.


Por: Blog do Foguinho, 15 de julho de 2014.


Por volta das 13:00h uma briga por causa de terras na localidade, Riacho da Cruz, zona rural de Chapadinha, terminou com um morto e outros dois gravemente feridos.
A Polícia Militar de Chapadinha informou ao Blog do Foguinho, que nesta área tem uma grande confusão por terras que foram doadas pelo o INCRA e que os moradores começaram a brigar.

Um grupo de quatro homens chegaram na localidade e agrediram o pai e filho.

Um dos homens matou a tiros de espingarda o morador conhecido por  Valdeci, conhecido como “Seu Madruga”

Os outros comparsas começaram a espancar com pedaços de madeira o filho do homem que já estava morto.

O Homem suspeito de matar Valdeci é da cidade de Chapadinha com o nome de José Orlando que mora no Bairro Recanto dos Pássaros, ele recebeu vários cortes de facão na cabeça e na coxa, seu estado de saúde é muito grave e será transferido para São Luis.


Corpo de "Seu Madruga"

O pai morto e o filho espancado foram levados para o Hospital da cidade de Vargem Grande e a Polícia prendeu os  agressores, que estão na Delegacia de Polícia Civil de Vargem Grande prestando depoimento.



Urgente! Polícia prende casal com motos roubadas e arma que pode ter sido usada na morte do Professor Marquinhos em Chapadinha.

Arma apreendida com o casal, a Polícia suspeita que seja a arma que tenha sido usada na morte do Professor Marquinhos em Chapadinha.
Por: Blog do Foguinho, 15 de julho de 2014.


O Serviço de Inteligência da Polícia Militar de Chapadinha, juntamente com a Polícia Civil prenderam na manhã desta terça-feira, 15, um casal que estava em uma casa abandonada na localidade Boa Hora, zona rural de Chapadinha.

Com eles foram encontrada 2 motos que foram tomadas de assalto, vários papelotes de maconha e uma espingarda “20” que a polícia suspeita que tenha sido usada na morte do Professor Marquinhos.

Na mesma casa estava outros homens que conseguiram fugir do local antes da chegada da Polícia.

O casal preso faz parte do mesmo grupo que vem praticando assaltos a mão armada em Chapadinha, o Serviço de Inteligência da PM disse que, desde a morte do Professor Marquinhos, esse mesmo grupo já praticou mais de oito assaltos na cidade.


Casal preso afirma ao Delegado quem matou o professor.


Marquinhos do Bind
Em depoimento ao Delegado Dr. Timbó, o casal revelou o nome de dois assaltantes do grupo que atiraram no Professor Marquinhos, e que eles só mataram o professor porque ele reagiu ao assalto.

Os dois foragidos estão no matagal e a qualquer momento poderão ser preso pela a Polícia.

Motos recuperadas e droga encontrada com o casal.


Moto Titan 150


Moto Broz 
Droga encontrada com o casal, na localidade Boa Hora.



Sem acordo: Servidores paralisam atividades após reunião com prefeita Belezinha

Servidores Públicos na Sede do Sindicato 
Depois de ouvir não da prefeita Belezinha a todas as reivindicações e ser informado de cortes de salários e retirada de direitos e benefícios de servidores, o SINDCHAP propôs e a categoria aprovou, em assembleia realizada em frente ao Palácio Municipal, paralisação de advertência até a próxima quarta-feira.

Na assembleia geral os servidores se decidiram realizar uma série de manifestações contra a prefeita Belezinha e a direção do Sindicato taxou a postura da prefeita como estarrecedora e – após informar que todo a reunião foi filmada – garantiu que vai levar ao conhecimento da sociedade a forma como a prefeita trata os funcionários públicos como se fossem empregados de sua empresa particular.


A primeira reunião vai acontecer na sede do SINDCHAP ainda na manhã de hoje. 

Do Blog do Alexandre.


https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Foguinho/217621605048826?ref=hl