E-mail: blogdofoguinho@hotmail.com Fone: (098) 99147-3880

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Tá Solta! Ex-prefeita de Bom Jardim é mandada de volta para casa

Ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite
A ex-prefeita de Bom Jardim Lidiane Leite teve hoje o pedido de prisão revogada pelo juiz federal Magno Linhares da 2°vara da Justiça Federal do Maranhão. O magistrado optou por monitoramento eletrônico, e o uso da tornozeleira, e que ela volte para sua residência, que não se ausente e nem compareça a sede da prefeitura.
O Ministério Público Federal já havia reiterado para a Justiça Federal a transferência de Lidiane Leite ao presídio feminino de Pedrinhas por não concordar que ela permanecesse em local luxuoso no Corpo de Bombeiros. Outras prefeitas que foram presas por operações federais ficaram no alojamento feminino de Pedrinhas.
Além disso o MPF vinha desconfiando que a ex-prefeita não passaria quinze dias na prisão. E foi exatamente o que aconteceu, ao contrário do ex-marido Beto Rocha e o ex-secretário de Agricultura Antonio Cesarino que ficaram 35 dias presos.

A prefeitura de Bom Jardim, sob o comando agora de Malrinete Gralhada abriu todos os processos contra a ex-prefeita. Todos com desvios de recursos.

Monstro na Cadeia ! Homem é preso acusado de estuprar a própria mãe de 79 anos, em Araioses.

Antonio da Graça da Silva Barros
Na tarde desta quinta-feira (08/10/2015) a guarnição de serviço na cidade de Araioses-MA recebeu uma ligação anônima de que havia um individuo agredindo sua própria Mãe.

A guarnição foi averiguar a situação, ao chegar no local foi abordado o indivíduo, Antonio das Graças da Silva Barros, 46 anos, morador do povoado baixão do estreito,  zona rural de Araioses, onde foi constatado pela guarnição que a vítima era sua genitora de 79 anos, que inclusive era agredida frequentemente pelo mesmo, segundo relato da própria vitima, assim como sofria abusos sexuais há vários anos por seu filho.


O individuo foi conduzido para a delegacia local para as providências cabíveis.

Polícia Militar apreende arma de fogo no Bairro Caterpila em Chapadinha.

Arma de ar comprimido
Na tarde desta quinta-feira (08/10/2015) policiais militares da Força Tática do 16º Batalhão durante patrulhamento de rotina, apreenderam 01 (uma) arma de fogo (espingarda) no Bairro Caterpilar no município de Chapadinha-MA.


A guarnição de serviço na ronda ostensiva pela cidade, deparou-se com 02 (dois) cidadãos que estavam trafegando em uma motocicleta em via pública portando uma espingarda de ar comprimido adaptada para calibre .22 mm, a equipe abordou os cidadãos, Romário Sousa de Almeida, 23 anos e Antonio Francisco Magalhães Cardoso, 21 anos, Francisco assumiu o porte ilegal de arma de fogo, que consequentemente foi dado voz de prisão e encaminhado juntamente com a arma de fogo apreendida para a delegacia local para as providências cabíveis.

Materiais apreendidos:
01 (uma) espingarda de ar comprimida adaptada para calibre .22 mm;
15 (quinze) cartuchos de calibre .22 mm.

Arma de ar comprimido

Adaptada para calibre .22 mm

TUTOIA: Tribunal absolve prefeito Diringa e mantém a cassação do Vereador Gean

Diringa Baquil

Em sessão realizada ontem (08/10) na capital do Estado, 7 desembargadores analisaram a liminar que mantinha Diringa Baquil Gean Lima nos cargos de Prefeito e Vereador respectivamente. 
Gean Lima

Na votação, 5 desembargadores votaram a favor da permanência de Diringa no mandato, e apenas 1 foi a favor da cassação, conforme decisão da justiça na primeira instância. Com o resultado proferido, Raimundo Nonato Abrão Baquil deve permanecer no cargo e possivelmente terminar o mandato a qual foi eleito em 2012. 

Já o vereador Gean Lima, não obteve o mesmo resultado, e a maioria dos desembargadores entenderam que as evidências de compra de votos eram claras e suficientes para enquadrar o vereador em crimes eleitorais, cassando seu mandato. Com isso, assume em seu lugar, o primeiro suplente da sua coligação, que é Romildo do Hospital.

Romildo do Hospital 

Uma briga judicial que já dura um bom tempo, que tem sido a tônica de comentários na cidade por várias vezes. Porém, faltando menos de 1 ano para as eleições municipais, é notório que a partir de agora, a oposição precisa focar mais nas eleições de 2016, organizando-se e unificando suas lideranças, pois o Governo já vem fazendo isto a algum tempo, inclusive com candidato consolidado.

O resultado do tribunal deixa a câmara dos vereadores numa vantagem teórica para o bloco oposicionista, que antes do resultado, tinha 6 vereadores e o governo 7, com Romildo do Hospital assumindo a vaga de Gean, a oposição no poder legislativo passará a ter maioria, ficando 7 oposição e 6 governo. 

Mas, como disse Magalhães Pinto "Política é como nuvem. Você olha e ela esta de um jeito. Olha de novo e ela já mudou.", aguardemos o próximo capítulo da novela "Política de Tutóia;"


Com Informações do Neto Pimentel.

Operação PAU NO GATO: Cemar deixa Prefeitura de Araioses‏ de novo no escuro

Parece brincadeira o que vem acontecendo em Araioses recentemente e que pode acabar em prisão.
Valéria Leal, prefeita de Araioses
Valéria Leal, prefeita de Araioses
Os prédios públicos do município, administrado pela prefeita Valéria Leal e pelo pai Manim Leal, tiveram o fornecimento de energia elétrica interrompido por falta de pagamento. Apenas o único Hospital da cidade, os Postos de Saúde e as Escolas Municipais não tiveram a luz cortada devido exclusivamente a proibição legal que impede que estes locais tenham os serviços de energia interrompidos.
Há vários meses a Cemar tenta entrar em acordo com a prefeita para solucionar esse problema, entretanto, Valéria se nega a negociar ou pagar a dívida exorbitante que deixou acumular ao longo da sua administração.
A solução encontrada por ela e pelo pai, foi realizar ligações clandestinas – os famosos GATOS – em todos os órgãos públicos que tiveram o corte. Ao tomar conhecimento da fraude, a Cemar, acompanhada de um bom contingente de Policiais Civis da Seic, se dirigiram novamente até os prédios do município com o objetivo de retirar todas as ligações irregulares.
O furto de energia elétrica é considerado crime previsto no Código Penal, sujeito a inquérito policial e pena de prisão para o responsável. O cidadão comum, quando realiza esse tipo de fraude é multado e ainda responde criminalmente. Mas não parece ser o caso da prefeita.
Após a chegada de Manim Leal e da filha Valéria ao comando da Prefeitura de Araioses, a cidade se transformou em um CAOS. Sem obras e sem melhorias no município, com salários de servidores atrasados, com merenda insuficiente para o mês e faltando remédio nos postos. A população se pergunta: CADÊ NOSSO DINHEIRO?




 Do Blog do Minard.
https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Foguinho/217621605048826?ref=hl