E-mail: blogdofoguinho@hotmail.com Fone: (098) 99147-3880

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Sejap e Seduc realizam aula inaugural para detentos do CDP de Chapadinha



O Governo do Maranhão tem intensificado a Educação nas prisões. Na manhã de ontem quarta-feira, 28, no auditório do Fórum de Chapadinha, ocorreu a aula inaugural da modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA), destinada a 16 presos do centro de detenção provisória de chapadinha (CDP).

A iniciativa é resultado de trabalho conjunto das Secretarias de Estado de Administração Penitenciária (Sejap) e Educação (Seduc).


Várias autoridades presentes, dentre elas, o Dr. Cristiano Simas, juiz de direito, Dr. Gustavo, promotor de justiça, Carlos Assis diretor do CDP, Dra Kelly, superintendente de atendimento e humanização penitenciária, Dra Néria Moura, supervisora de educação da SEJASP, Dr. André Mendonça, supervisor jurídico da SEJASP, professora Leodenes, representando a secretaria de estado da educação regional, Irmão Gomes, superintendente de articulação política da região, Dos Santos, articuladora política, Jôse, enfermeira, professoras dos internos, Maria das Dores, representante do eja chapadinha, professora Maria Coelho, Secretária Municipal de Educação, dentre e várias funcionários do centro de Detenção provisória de Chapadinha.

Todos, sem exceção, fizeram seus comentários e enalteceram a idéia dos detentos serem prestigiados com essa primeira aula inaugural do ensino fundamental que funcionará em dois turnos, pela manhã e a tarde. Os trabalhos são desenvolvidos pela Supervisão de Educação da Sejap, responsável por coordenar as práticas pedagógicas aplicadas naquela unidade de ensino. A supervisora de Educação, Néria Cristina Moura, contou que o processo educacional dentro das prisões perpassa por várias etapas, sendo uma delas a criação de um Projeto Político Pedagógico (PPP) adequado ao ambiente carcerário.

Detento Paulo e enfermeiras durante uma apresentação musical ao público presente.   

“Quem desenvolve o Projeto Político Pedagógico são os técnicos da Secretaria de Educação, e ele é acompanhado pela direção da escola. O projeto é totalmente adequado à realidade carcerária, mas não deixa de seguir os padrões disciplinares, como, por exemplo, a oferta do conhecimento sobre matemática, português e até religião aos internos que se dispõem a apreender”, informou a supervisora da Sejap.
Dos 180 internos existentes em Chapadinha, apenas 16, ficaram entre os que estão em condições de mostrarem suas aptidões e continuarem seus estudos, estes 16, que como o Paulo que os representou, merecem a oportunidade de muito brevemente retornarem ao convívio social, dependendo puro e exclusivamente deles. 

Dr. Cristiano Simas, fez alguns comentários e dentre eles, elogiou o CDP de Chapadinha, que o mesmo é composto por pessoas idôneas e que merecem todo o respeito, uma vez que são dedicados e sérios em suas funções, que o seu diretor mantém o controle de tudo e que só tem a elogiar o desempenho de suas funções.

Fonte: Blog do Alexandre Cunha.

Empresários apoiam iniciativa da vereadora Márcia Gomes, para instalação de câmeras de monitoramento no centro de Chapadinha.

Foto a esquerda: câmera de monitoramento, um exemplo que poderá ser instalada em pontos estratégicos.  A direita, Márcia Gomes apresenta o projeto aos empresários e membros da segurança pública. 

Realizada na Câmara Municipal de Chapadinha uma reunião encabeça pela presidente da Casa Márcia Gomes, onde se reuniram representantes do empresariado local, membros da segurança do Estado, vereadores e a sociedade Civil, o encontro foi a pontapé inicial para a instalação de um sistema de vídeo monitoramento no centro da cidade e em alguns pontos estratégicos.

O projeto foi apresentado pela vereadora Márcia Gomes aos empresários e membros da segurança Pública. “Sinto-me feliz por estar contribuindo, em ter tido a iniciativa de fazer esse projeto. Hoje posso dizer realizada por estar contribuindo para o desenvolvimento do município, principalmente na área da segurança, muitos roubos, assaltos, estupros ou até mesmo vandalismo público poderá ser evitado com esse sistema";  disse a presidente.  
Vereadora Márcia e técnicos em apresentação como funciona o monitoramento


Durante roda a reuniu uma empresa demonstrou como funciona o sistema que é ligado direto aos órgãos de segurança Pública. Equipamentos bastante avançados, como por exemplo: câmeras que giram até 360 graus, infravermelha e zoom de longa distância, o que pode ajudar na identificação de alguns suspeitos. O sistema é bastante avançado, o que poderá diminuir o índice de criminalidade na área comercial e em toda a cidade.
Gardel Lajes-  analista de sistema explica como funciona o sistema 
De acordo com o comandante do 16º/Chapadinha, Tenente-Coronel Glauber Miranda, o projeto só vem a colaborar com a segurança Pública. “Com esse sistema onde um policial não estiver à câmara vai estar, servindo de um olho para a PM. O monitoramento na inibição do crime, se acontecer um crime as câmeras ajudam na investigação. Então, são vários pontos positivos que podemos citar e que mais na frente só trará benefícios tantos para a área comercial quanto à sociedade”; destacou Glauber.    
Uma demostração do sistema foi montando durante o evento. 
Todos os empresários que participaram abraçaram a causa, elogiaram a atitude da Vereadora e disseram não medir esforços para que o projeto seja implantado o mais rápido possível. De acordo com o Presidente da (CDL) Allan Monteles, uma comissão foi formada para que mais empresários sejam convidados a participar do projeto. Outra reunião será marcada para mais detalhes e busca de mais parceiros para que seja concretizado o projeto. 
Tenente-Coronel Glauber 

Fonte:Blog do Alexandre Cunha.
https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Foguinho/217621605048826?ref=hl