E-mail: blogdofoguinho@hotmail.com Fone: (098) 99147-3880

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Chapa "01" de Julio Pavão e Meire ganha eleição para diretoria da Escola Oliveira Roma em Mata Roma.

        Diretor Julio Pavão.

Por: Blog do Foguinho, 10 de dezembro de 2015.

A Chapa 1 do diretor da Escola Oliveira Roma, Julio Pavão e Meire, foi eleita na eleição direta para comandar a nova diretoria da unidade escolar.

A votação começou pela manhã e encerrou as 20:00h desta quinta-feira. Votaram alunos, pais e funcionários.

Júlio Pavão já tinha sido escolhido pelo governador Flávio Dino, mas precisava passar pela eleição que aconteceu em todas as escolas do estado do Maranhão.

Julio Pavão se demonstrou um diretor competente e organizado, e assim ganhou a confiança dos alunos e da família de cada um deles. A humildade de Pavão com todos lhe consagrou como o melhor diretor da escola em todos os tempos.


Parabéns a professora Meire e Julio Pavão, vocês merecem .





Agora é um novo tempo e uma nova etapa pela frente, parabéns.


Hildo Rocha apresenta propostas para melhorar o aproveitamento comercial, científico e industrial do coco babaçu

Rocha com o ministro
O assunto foi debatido em audiência do parlamentar com o Ministro da Ciência e Tecnologia, Celso Pansera
Uma iniciativa do deputado Hildo Rocha poderá se transformar num marco histórico no que se refere ao aproveitamento das potencialidades do coco babaçu. O primeiro passo já foi dado. Durante audiência do deputado com o Ministro da Ciência e Tecnologia, o deputado cobrou investimentos em estudos para aperfeiçoar as tecnologias de aproveitamento da amêndoa e demais subprodutos do coco babaçu. “A extração manual das amêndoas, feitas pelas quebradeiras de coco, é um sistema penoso e pouco rentável. Algumas experiências bem-sucedidas nos mostram que é possível aprimorarmos os mecanismos de aproveitamento desse fruto de inestimável valor comercial”, argumentou.
Potencial econômico
Para realçar o potencial econômico do coco babaçu Rocha lembrou que do coco babaçu é possível se obter: óleo, para fins comestíveis e aplicação na indústria; biocombustível; carvão vegetal; e suplemento alimentar de alto valor calórico e nutricional. “Além disso, tem crescido a aplicação de produtos oriundos do babaçu na indústria de cosméticos e também na medicina, especialmente no tratamento de inflamações, cólicas menstruais e leucemia”, destacou.
“Portanto, o variado leque de aplicações possíveis justificam investimentos em estudos capazes de apontar soluções tecnológicas para o aprimoramento do uso comercial, científico e industrial do coco babaçu”, justificou.
Cadeia produtiva
Rocha disse que a cadeia produtiva gerada pelo coco babaçu é de fundamental importância para a sobrevivência de milhares de famílias. “A exploração sustentável desse valioso fruto só trará benefícios para a economia do nosso Estado e contribuirá para a melhoria da qualidade de vida de milhares de trabalhadores e trabalhadoras rurais que sobrevivem da exploração do babaçu”, afirmou.
Softwares

Ainda durante a audiência, Rocha solicitou investimentos em qualificação profissional nas áreas de Tecnologia da Informação e Desenvolvimento de Softwares (programas de computadores).

Governador Flávio Dino anuncia ações estratégicas de combate ao mosquito da dengue; veja o vídeo

 
Tendo a luta contra o mosquito Aedes aegypti como umas das principais prioridades da gestão estadual, o governador Flávio Dino conclamou a população a participar ativamente da luta contra o Aedes aegypti. O mosquito é o transmissor da dengue, Zika Vírus eChikungunya, e preocupa ainda mais, diante da possibilidade de mulheres grávidas, que contraíram o Zika Vírus, gerarem crianças com microcefalia.

Em pronunciamento na quarta-feira (9), o governador Flávio Dino apresentou a proposta de uma ação conjunta do Governo com a população para uma faxina contra o mosquito da dengue aos sábados. A proposta é que aos sábados a família se reúna para limpar com cuidado todos os locais da casa onde o mosquito possa se reproduzir, eliminando qualquer foco de água parada.

“É um pequeno cuidado que, se todos nós tivermos, vai fazer a gente vencer essa grande batalha. O mosquito pode se reproduzir em qualquer lugar em que haja água limpa e parada e o Governo sozinho não vai conseguir fiscalizar todos os cantos do estado em que isso pode acontecer. Por isso, nós precisamos trabalhar todos juntos e existe uma providência bem simples que resolve isso, você e sua família podem combinar de fazer o sábado da faxina”, explicou o governador.

Flávio Dino ainda destacou a importância das famílias abrirem as portas das casas para o trabalho de controle da larva do mosquito realizado pelos agentes de combate a endemias. “Nós precisamos colaborar com os agentes de endemias e de saúde, deixando-os entrar em nossa casa, eles que estão aqui comigo vão proteger a saúde da sua família, vão proteger a saúde do Maranhão”, afirmou o governador, que durante o pronunciamento estava acompanhado de vários agentes de endemias.

Força tarefa

O Governo do Estado montou uma força tarefa em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e Secretarias Municipais de Saúde dos 217 municípios para combater o mosquito Aedes aegypti e, assim, diminuir a quantidade de casos notificados no Estado por doenças decorrentes da picada do inseto. As ações estão sendo orientadas pelo plano de enfrentamento contra o mosquito, centrando esforços no controle vetorial.

Como medidas para o Plano de Enfretamento do mosquito em 2016 está a implantação pela SES de 20 novos veículos para aplicação de inseticida Ultra Baixo Volume (UBV), tradicionalmente conhecido como ‘Fumacê’, e 6 seminovos doados pelo Ministério da Saúde (MS), totalizando 50 veículos para o controle da dengue, Chinkungunya e Zika Vírus.

A carga instalada de UBV é suficiente para o controle de 19.600 casas por semana. Com a ampliação do contingente, o alcance será de 140 mil casas. Para o controle larvário a SES disponibilizou para as regiões de saúde 720 kg de larvicida pyriproxyfen (1g – 500 litros) para o tratamento de todos os depósitos que armazenam água infestada ou não.

O Estado também se encontra abastecido de 35.165 litros de óleo vegetal de inseticida lambdacialotrina (Malathion) para o uso de UBV. Além disso, serão adquiridos novos kits que incluem fardamento, equipamentos de proteção individual (EPI), pesca larva, lanternas, bolsas e calçados apropriados para as atividades de campo.


Dentre as ações acordadas para fortalecer as estruturas de limpeza urbana em pontos estratégicos estão: mobilização de limpeza urbana no recolhimento de resíduo doméstico e no recolhimento dos resíduos dos terrenos baldios; ações da Blitz Urbana da prefeitura no cumprimento da lei de muros e calçadas no que se refere aos terrenos baldios; ação de fiscalização das vigilâncias sanitária e ambiental sobre pontos estratégicos como borracharia, ferro velho, cemitérios e casas fechadas; recolhimento de pneus com destino para Ecoponto, localizado na Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp).

Coronel Glauber divulga resultados da Operação da Polícia Militar Rodoviária Federal em Chapadinha.




Por: Blog do Foguinho, 10 de dezembro de 2015.

O Coronel Glauber Miranda, do 16º Batalhão, divulgou os números da operação da Policia Militar Rodoviária Federal em conjunto com a PM de Chapadinha.

Veja as apreensões.

CHAPADINHA - 8/12

 # Horário: 18h30 às 23h30.

# AITs lavrados: 157

11 - Sem cinto
08 - Não habilitados
06 - Sem placa 04 - Recusas
01 - Categoria diferente
01 - Xenon
01 - CNH vencida
01 - Arrancada brusca
01 - Calçado inadequado
123 – Remoções

 # Remoções: 123 (113 motos e 10 carros)

37 - não habilitado
25 - sem portar CRLV
25 - não licenciado
24 - sem placa 11 - não registrado

 01 – recusa

 # Alcoolemia: 05 recusas

 # Apreensões/DP: 01 arma de fogo com 02 conduzidos, sendo um menor, e 01 motocicleta.

 # Meios: 05

01 - Van
01 – Duster
 01 - Guincho
02 - Motos

# Autos de infração lavrados pela CPRv e pelos agentes da Ciretran. Esses confeccionaram todas as fichas de remoção (no local e na Ciretran).

# MOTOS removidas ao pátio da Ciretran e CARROS ao Anexo do órgão.

# Documentos lavrados pela CPRv entregues na Ciretran e recebidos pela Diretora Eney, conforme Ofícios 484 e 485.

Operação da Policia Rodoviária Federal prende jovem com arma de fogo e motocicleta irregular em Chapadinha

Na noite desta terça-feira (08/12/2015), foi deflagrada uma blitz de fiscalização de trânsito pela Companhia de Polícia Militar Rodoviária Independente (CPRV IND.) em conjunto com 16° Batalhão e com o apoio do órgão de trânsito do município de Chapadinha. 

A CPRV atua no policiamento ostensivo motorizado nas rodovias estaduais, disciplinando o tráfego de veículos, fiscalizando condutores, passageiros e cargas, com objetivo de coibir irregularidades como excesso de velocidade e embriaguez ao volante.

Também a blitz tem o intuito diminuir os crimes de furtos e roubos de veículos, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, dentre outros crimes.

A violência no trânsito é hoje um problema tão grave quanto a violência armada. “No Maranhão, a quantidade de mortes por acidentes de trânsito é a mesma registrada por homicídios, e um dos principais fatores relacionado às ocorrências é a mistura de "álcool e direção".

Durante a blitz foi recolhido vários veículos irregulares para o patio do Ciretran, na operação foi abordado o individuo Elias Rodrigues de Sousa, 19 anos, em companhia de um menor de idade, onde os mesmos ao avistar a barreira tentaram empreender fuga, durante a revista pessoal foi encontrado em seu poder uma arma de fogo (garrucha). O mesmo foi conduzido a Delegacia para as devidas providências.


Motocicleta apreendida

Arma de fogo (garrucha)

Empresário Carlinhos esclarece sobre sua condução em Blitz da PRF, em Anapurus.

O empresário do ramo de Internet Banda Larga e Combustíveis em Mata Roma, Carlinhos, mais conhecido como "Carlim", foi conduzido a Delegacia de Anapurus para prestar esclarecimentos depois de ser barrado em uma Blitz da Polícia Rodoviária Federal nesta manhã de quinta-feira.

Empresário Carlinhos


Ele foi conduzido com o seu veiculo de numeração adulterada, prestou esclarecimentos e em seguida foi feito os procedimentos legais e pago uma fiança para ser liberado.

Carlim disse ter comprado o veiculo de uma mulher na cidade de Vargem Grande e não tinha conhecimento da adulteração do veículo. O mesmo tranquiliza os amigos e afirma está bem.
https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Foguinho/217621605048826?ref=hl