E-mail: blogdofoguinho@hotmail.com Fone: (098) 99147-3880

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

OAB-Subseção de Chapadinha se pronuncia sobre ação da ex-prefeita Belezinha contra o Juíz Dr. Cristiano Simas.

Após o blog noticiar sobre a ação que a ex-prefeita Belezinha moveu contra o Juíz Dr. Cristiano Simas, pedindo o seu afastamento do caso de compras de votos nas eleições 2016, a OAB Subseção de Chapadinha, emitiu uma nota de repúdio. Reveja Aqui.

Veja. 

A Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção de Chapadinha – MA, vem a público repudiar as acusações veiculadas na mídia sobre a notícia do pedido de suspeição realizado em desfavor do Magistrado Dr. Cristiano Simas de Sousa, Juiz Eleitoral da 42ª Zona Eleitoral do Maranhão, na condução dos trabalhos eleitorais frente às eleições que ocorreram no ano de 2016, cuja informações dada pela ex-gestora Maria Ducilene Pontes Cordeiro, ora expecta, à  mídia é de que o referido Magistrado trata-se de um juiz parcial e sem isenção, quando na verdade a Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção de Chapadinha – MA, e todos os advogados aqui militantes são sabedores de sua imparcialidade, isenção, caráter, respeito, honestidade e conduta ilibada, tendo se destacado pela sua competência, probidade e espirito público, onde desde sua posse na Comarca de Chapadinha – MA, tem prestado relevantes serviços a todos os advogados e jurisdicionados.

Em razão de sua postura ética e profissional é que a Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção de Chapadinha – MA, repudia as acusações veiculadas nos blog´s, maculando a imagem do nobre Magistrado, trazendo-lhe sérios prejuízos de ordem moral, quando sabemos de sua lisura na atuação como Juiz nesta Comarca.

                        Chapadinha (MA), 08 de Fevereiro de 2017.

                        Ordem dos Advogados do Brasil
                        Subseção de Chapadinha (MA)
                        A Diretoria.


Polícia Militar recupera duas motos roubadas em Chapadinha.


Ontem (07/02/2017) por volta das 18:45 horas, ao realizarem policiamento de rotina no bairro Recanto dos Pássaros em Chapadinha, a Equipe de Águia (Policiamento de Motos), avistou uma pessoa pilotando uma motocicleta em atitude suspeita, ao realizarem uma abordagem ao condutor e ao veiculo, constataram que a moto constava como sendo produto de roubo, foi preso Leonardo Nunes de Oliveira, 23 anos de idade, e apreendido uma Moto FAN de cor azul, chassi 9C2JC3010IR034896. O conduzido, juntamente com o veiculo foram entregues no plantão central da delegacia de Polícia Civil de Chapadinha, para conhecimento e as providencias cabíveis.


Procon vai fazer operação para fiscalizar a qualidade da água mineral vendida no comércio de Chapadinha

De acordo com o chefe do Procon de Chapadinha, Dr. Gustavo, a operação deve ser realizada no município, em diversos estabelecimentos comerciais para fiscalizar a qualidade da água vendida aos consumidores.
Operação em São Luis.
O Procon/MA, em parceria com a Secretaria Estadual de Fazenda e as Vigilâncias Sanitárias estadual e municipal de São Luís, fiscalizou a distribuidora Világua como primeira fase da Operação H2O. A operação irá assegurar o cumprimento de medidas sanitárias e das exigências do Selo Fiscal de Controle da SEFAZ
De acordo com a Lei Estadual 10.356/2015, o Selo é obrigatório para todas todos os estabelecimentos envasadores de água mineral e adicionada de sais em funcionamento no Maranhão. A certificação assegura tanto a qualidade da água fornecida quanto o combate à concorrência injusta e empresas irregulares.
Segundo Duarte Jr, presidente do Procon/MA, fornecedores irregulares podem colocar os consumidores em risco. “Nessa oportunidade, não há qualquer inconformidade. A Világua não comercializa água mineral nem adicionada de sais, somente água natural, e, portanto, não se aplica a Lei 10.356. Contudo a Sefaz já está providenciando a atualização da lei a fim de dar maior segurança ao consumidor. A Operação H2O continuará fiscalizando outros estabelecimentos a fim de garantir a vida, saúde e segurança dos maranhenses, e os consumidores podem formalizar reclamação caso suspeitem de irregularidade”, afirmou o presidente.
De acordo com Isabela Cristina Cardoso, auditora da Receita Estadual, o trabalho está apenas começando. “A priori, a Lei 10.356 não obriga empresas fornecedoras de água natural, como é o caso. Contudo, isso não as exime do recolhimento do impostos de substituição tributária, que ainda será verificado se tem sido respeitado”, observou a auditora.
Para o Chefe do Núcleo de Alimentos da Vigilância Sanitária Estadual, Dênis Cordeiro, o trabalho conjunto dos órgãos contribui para a regularização das empresas. “Viemos fazer uma verificação junto com o Procon, a Sefaz e a Vigilância Municipal para conferir se as exigências foram cumpridas, e até o momento não foram encontradas irregularidades.
“Mas é sempre bom o consumidor ficar atento ao rótulo, ao lacre e se não há a presença de nenhum corpo estranho na água”, afirmou o fiscal.
Para confirmar a qualidade da água que compra, o consumidor deve ficar atento ao lacre do garrafão de 10 e 20 litros. O Selo Fiscal de Controle sobre o lacre atesta a qualidade e a legalidade do produto. Em caso de suspeita de irregularidade, as denúncias podem ser feitas por meio do site, aplicativo ou em qualquer unidade física do Procon/MA.


Bomba: Ex-prefeita Belezinha pede afastamento do Juíz Dr. Cristiano Simas sobre processo de compras de votos em Chapadinha


Juíz Dr. Cristiano Simas e Ducilene Belezinha.

Por: Blog do Foguinho, 08 de fevereiro de 2017.

A ex-prefeita de Chapadinha, Maria Ducilene Pontes Cordeiro, moveu uma ação contra o Juíz Eleitoral Dr. Cristiano Simas de Sousa, onde ela pede o seu afastamento do caso de investigação por crime eleitoral cometido durante as eleições de 2016.

De acordo com o pedido, Belezinha, está baseada em lei para afastar o Juiz da causa, por lhe faltar imparcialidade, que é pressuposto processual subjetivo referente a atuação jurisdicional.

Ainda no pedido, os advogados de defesa, Trata-se de Exceção de Suspeição interposta por Maria Ducilene Pontes Cordeiro em desfavor do Juiz da 42ª Zona Eleitoral deste Estado, ambos já devidamente qualificados.

No processo, a ex-prefeita diz que “tomou conhecimento na data de 16/01/2016 que na sessão solene de diplomação dos candidatos eleitos no pleito de 2016, realizada em 15/12/2016”, o Juiz Eleitoral, ora subscritor e excepto, teria proferido um “duro e contundente discurso”, em “tom de desabafo” contra a excipiente, o que denotaria sua falta de imparcialidade para julgar a Ação de Investigação Judicial Eleitoral.

Veja um trecho da ação movida contra o magistrado.



Ação movida contra Belezinha por compra de votos.

Trata-se de Ação de Investigação Judicial Eleitoral interposta por Magno Augusto Bacelar Nunes em desfavor de Maria Ducilene Pontes Cordeiro, Antônio Odilon e Aluízio Sousa Santos, todos já devidamente qualificados.
Aduz o representante, em síntese, que os representados teriam praticado abuso de poder econômico, na medida em que teriam oferecido vantagem em troca de votos, quando faziam campanha eleitoral no Bairro “Fonte do Mato”, nesta cidade de Chapadinha.
Segue argumentando ainda o representante que também foi entregue material de construção aos moradores do Conjunto José Almeida de Sousa, localizado nesta cidade, e que tal conduta teria o condão de obter favorecimento eleitoral, em patente contrariedade às normas de regência.
Alfim pugna o representante pela condenação dos representados por abuso de poder econômico, com as penas inerentes à espécie.
O representante junta documentos e mídias.
Instados a se manifestarem os representados ofereceram contraditas, acompanhadas de rol de testemunhas.
Encaminhado os autos ao Ministério Público Eleitoral, o mesmo ofertou parecer onde pugna pela oitiva das testemunhas, bem como a realização de perícia técnica na gravação dos áudios que instruem a inicial.


Agora é aguardar o pronunciamento do Juíz Dr. Cristiano Simas sobre o caso.

Notinhas: Políticos de Chapadinha e Região já se articulam para as eleições em 2018 ( Deputados e Governador).

Resultado de imagem para Notinhas da política

Belezinha candidata a deputada ou apoia alguém da região.

A ex-prefeita de Chapadinha Ducilene Belezinha, que obteve 16 mil votos na eleição de prefeito, já está percorrendo a região do Baixo Parnaíba com uma articulação para 2018, ou seja, para sair como candidata, ou apoiar alguém para sair fortalecida em 2018.

Se a ex-prefeita não sair candidata, ela vai apoiar um candidato da região, para mostrar grande votação e assim se fortalecer em 2018, para pensar no futuro de 2020. Belezinha que hoje é uma das representantes do grupo Roseana, caso apoie alguém da região ou até mesmo de Chapadinha poderá mostrar voto.

Magno organiza o governo com a chegada de Isaias.

O prefeito Magno Bacelar continua organizando o governo e os aliados, que por sinal aumentou muito nos últimos dias, onde teve a chegada do ex-prefeito Isaias que já chegou pegando cargos no primeiro escalão e assim colocando aliados para fortalecer o atual governo com a chegada do vereador Marcelo Meneses.

Deputado Leví perde força e a liderança do blocão.

O deputado Levi Pontes que era o líder do blocão com mais de 20 deputados, perdeu a vaga para o suplente e agora deputado Luciano Leitoa, que é o novo líder do maior bloco na Assembleia Legislativa.Com a perda da vaga, o deputado perde força com o governador. Leví que não poderá sair do PCdoB terá que buscar forças para sua reeleição em 2018.

Forte no Governo Bom de Mais.

Ops: Sem falar que Leví Pontes manda na Secretaria de Assistência Social, ganhou outras 3 Secretarias e assim manda em quase metade do governo.

Isaías apoia Fábio Braga ou Lucas Lobão.

O ex-prefeito Isaías Fortes vai apoiar o deputado Fábio Braga, quem ele disse que foi o único que lhe ajudou na eleição de sua esposa ou vai apoiar o jovem Lucas Lobão, (Filho de Edinho Lobão). Se Isaías apoiar um dos dois terá que se movimentar bastante para dar uma boa votação.

Deputado Paulo Neto continua articulado e forte na Região.

O deputado Paulo Neto que ainda está se recuperando de sua saúde, continua muito bem articulado para sua reeleição em 2018. 

Paulo tem hoje o apoio de 06 prefeitos da região com a aliança do prefeito Magno Bacelar, que é um grande aliado para as eleições que estão chegando.

Magno só não pode esquecer dos amigos, e muito menos de Paulo Neto, que já mostrou que sabe jogar e muito bem, principalmente quando a história é política.

De uma coisa é certa, se Paulo perceber que está perdendo espaço, ele saberá conduzir muito bem, principalmente com políticos em Chapadinha e o resultado pode ser de muitas novidades, vai depender de Magno.

Vamos aguardar as próximas semanas e os próximos capítulos das eleições que se aproxima.

https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Foguinho/217621605048826?ref=hl